segunda-feira, 28 de junho de 2010

Só quando durmo




"Você é como um barco de sonhos navegando em minha cabeça.Você nada em meus oceanos secretos, de corais azuis e vermelhos. Seu cheiro é de incenso queimando, seu toque é de seda e isso alcança completamente minha pele. Mas é somente quando eu durmo, vejo você em meus sonhos... Começando a me girar rodando e rodando e eu só ouço sua respiração em algum lugar do meu sono. E quando eu acordo do sonho sua sombra desaparece, sua respiração é só a névoa do mar cercando meu corpo.
Eu estou trabalhando durante o dia, mas quando for hora de descansar, eu me encontro na minha cama ouvindo a minha respiração caindo da borda. Até o céu aonde os anjos voam ... Na cama eu encontro-me com extrema necessidade de gritar, com você na minha mente . É e isso é altamente perigoso"

Um comentário: