sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Sexta- feira

Saí do ostracismo gramatical em que me encontrava ontem. Mas não esperem nenhuma epopéia hoje. Estou ansiosa demais para articular os vocábulos e os sentimentos corretamente. No entanto tenho que confessar, me comportei feito uma borboleta paralítica, disfarçada e escondida, com medo das palavras dele se concretizarem e do sonho se tornar realidade.Mas cansei de ficar presa à madeira, sem poder voar. E como hoje é sexta-feira, abramos a janela e viremos a página, pois a história da minha vida quem escreve sou eu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário