terça-feira, 19 de abril de 2011

Fantasia

Na minha fantasia... Eu sou um mímico. Eu só mexo minhas mãos e todos vêem o que eu quero dizer... Palavras são muito complicadas e já passou o tempo para entregar na minha boca. Pinto meu rosto de branco e reinvento o oceano. Uma onda de cada vez... 
Falo sem minha voz e vejo o mundo pela luz de vela. Eu não tenho medo de deixar sair e  não estou com medo de enfrentar a queda, mas eu achei além de qualquer dúvida que é você que diz mais por não dizer nada.
Na minha fantasia não tem coisa como o tempo, minutos sangram em dias de arte vanguardista... Me mostre sua heresia e eu te mostrarei a minha. Na minha fantasia, você fica bonita entrelaçada no  meu cabelo e pele e  suor e vinho tinto derramado. Você é o meu segredo profundo... Eu sou seu mímico e só vou mover minhas mãos... Eu prometo que você vai entender o que eu quero dizer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário