quarta-feira, 18 de maio de 2011

"Perto o suficiente para iniciar uma guerra...Tudo o que eu tenho está no chão e só Deus sabe o porque  eu estou lutando. Eu não posso continuar com essas mudanças de jogos controlados por você... não consigo respirar.Então eu não vou deixá-lo perto o suficiente para me machucar. Eu não posso dar o que você pensa que você me deu...É hora de dizer adeus a essas viradas de jogo."


Não há garantias. Do ponto de vista do medo, ninguém é forte o suficiente. Do ponto de vista do amor, ninguém é necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário