sexta-feira, 24 de junho de 2011

Carta pra mim mesma

"Devagar, sua criança louca...Você é tão preocupada para uma jovem. Mas se você é tão esperta, me diga por que ainda tem medo? Onde está o fogo? pra que a pressa?  É melhor você aproveitar o entusiasmo antes que você o perca. Você tem muito o que fazer e apenas poucas horas em um dia.
Você  sabe que quando a verdade é contada, você pode conseguir o que quer. Você não vai querer desistir antes mesmo de passar metade do caminho. Quando você perceberá o que espera por você? Devagar, você está indo bem. Você não pode ser tudo que você quer ser antes do seu tempo...Embora é tão romântico viver no limite hoje em dia... mas ruim se for a vida que vc leva. Você está tão adiante de si mesma que esqueceu do que precisa. Apesar que você pode ver quando você está errada, mas você sabe, você não pode sempre ver quando você está certa. Você tem sua paixão, você tem seu orgulho , mas você não sabe que apenas bobos estão satisfeitos? Então? Sonhe, mesmo sabendo que nem todos eles se realizarão. Tire o telefone do gancho e desapareça por um instante, por um dia ou até mesmo por um mês. Está tudo bem você pode permitir-se fazer uma coisa dessas. E sempre procure respostas mesmo não sabendo as perguntas." Graziela Pereira



Nenhum comentário:

Postar um comentário