domingo, 31 de julho de 2011

FDS

Eu aumento o volume da música, coloco meus discos para tocar. Fecho o mundo lá fora até as luzes  parecerem. Talvez as luzes da cidade, talvez as árvores tenham sumido...eu sinto meu coração começar a bater com a minha música preferida. E então eu danço, e danço a noite toda. Até que a segunda-feira de manhã pareça outra vida. Eu aumento o volume da música...dessa vez eu vou curtir pq prefiro ser uma vírgula do que um ponto final. Talvez eu esteja no escuro, talvez eu esteja de joelhos... Talvez eu seja a lacuna entre dois trapézios, mas meu coração está batendo e o meu pulso começa a construir catedrais no meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário