domingo, 21 de agosto de 2011

Sentada aqui me sentindo magoada, tentando duramente aprisionar o momento. Esta manhã eu não sei, pois uma garrafa de Vodca ainda está depositada em minha cabeça...Enquanto sonho com filmes que eles não farão sobre mim quanto eu estiver morta.
Com um punho rígido, eu acordo e dou um beijo de língua nesta manhã fria. Enquanto alguma banda de música mantém seu próprio compasso dentro de minha cabeça, enquanto estou pensando sobre todas as coisas em que eu desejo acreditar, sobre amor e a verdade e o que você significa para mim....E a verdade é, que você é tudo de que preciso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário