sábado, 15 de outubro de 2011

=/





Sou bem mais feliz que triste, mas às vezes fico distante. E me perco em mim como se não houvesse começo nem fim nessa coisa de pensar e achar explicação pra vida. To tão cansada sabe... cansada mesmo de tudo ao meu redor.Tendo fugir e acabo me afundando mais nas minhas próprias dores...tentando ser cada vez mais forte, tentando fazer a dor passar, mas nem sempre é necessário tornar-se forte. As vezes tenho que respeitar a minha fraqueza. Então, são lágrimas suaves, de uma tristeza legítima a qual tenho direito. Elas correm devagar e quando passam pelos meus lábios sinto aquele gosto salgado, límpido, produto da minha dor mais profunda.


"As palavras salvaram-me sempre da tristeza, mas não hoje!"



Nenhum comentário:

Postar um comentário