quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

"Tem sentimentos que nos detonam tanto que carregam  uma carga profunda de dor, de sofrimento. Transpor isso para o papel, é como fazer um aborto de sentimentos. Desmembrar nossa alma em frente ao espelho, destacar nossas mais bem guardadas emoções e preciosos defeitos. E depois ler e acima de tudo tentar aceitar que viver é correr riscos, e que isso tem um peso avassalador." [Graziela Pereira]



Nenhum comentário:

Postar um comentário