domingo, 17 de fevereiro de 2013

Um conselho

Quando um homem começa a agir de maneira que não a faça sentir especial, melhor deixá-lo de lado. Melhor abrir mão dessa relação, assim mesmo, do nada, sem brigas, questionamentos, pedidos ou falsas ilusões de que um dia ele mude. Melhor ir embora da vida do outro, sem nem mesmo se preocupar em dar maiores explicações, afinal ele também foi capaz de deixar você os últimos meses, quem sabe até os últimos anos, sem nada entender, sem procurar fazer a diferença em sua vida, sem se preocupar. Ninguém merece ser marionete nas mãos de ninguém, por isso não se deixe ser usada por medo da solidão. Pois quando um homem para de notar quais as atitudes dele que lhe deixa triste, quem tem que arcar com as consequências desse abandono é ele e não você. Afinal já dizia o velho ditado: ''Antes só do que mal acompanhado''. E digo mais, antes só do que nos braços de alguém que não reconhece o seu valor, que não dá atenção às suas tristezas, que não sabe nada sobre você, que nem sequer pensou algum dia em saber.



Nenhum comentário:

Postar um comentário