sexta-feira, 15 de março de 2013


Existe um tempo em nossas vidas onde o futuro precisa ser resolvido, porque o passado anda muito presente, e a gente lamenta enquanto envelhece. Se fossemos viver de souvenir seríamos uma mágoa pedante, porque tudo o que muda na vida, dá aquela dorzinha no peito, vontade de ter de novo, de fazer diferente, e ser uma pessoa novinha em folha, cheia de atitudes nobres - "pra desta vez, acertar". Dá vontade de rebobinar a vida, de ser mais jovem, ser mais ouvinte, ser um tanto quanto melhor. Só que até seus ossos doerem, ninguém entende efetivamente o que seria a nostalgia. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário