quinta-feira, 21 de março de 2013

Tem dias que a gente só agradece. Não pede. Não reclama. Não lamenta. Agradece. Acorda pra vida, bem assim, abre os olhos, levanta, espreguiça as memórias ruins, e olha só pra frente. Enxerga melhor, dorme melhor, come melhor. Se encanta com coisas simples, e por alguns momentos, até se contenta. Busca força 'sabe-se-lá-de-onde' pra agarrar cada momento, pra trazer aos dias difíceis, uma cura. Agradece o passado, e toda a sua relevância, agradece o presente e toda a sua convivência, e agradece o futuro que não pertence à nós, mas que existe nessa vontade -quase que exausta- de seguir em frente. Se não acontecer como nas promessas, agradecemos os erros, e toda a sua resistência. Somos fortes agora, e estamos inteiros. 


...e eu só agradeço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário