sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Eu sei que é difícil, que você olha pros lados e me encontra em qualquer lugar, por todas as memórias que eu produzi, por onde eu passei, por onde nós passamos. Tudo tem meu "gosto" e as lembranças quase palpáveis de nós dois. Eu sei que você se odeia por não conseguir me deixar ir embora, que você chora escondido. Sei que tenta ouvir as suas musicas mas até mesmo nas mais animadas você pensa em mim. Sei que tenta parecer que está tudo bem, sei que minhas escolhas te frustraram e que você achou que eu desabaria com seu adeus. Sei que sentiu raiva porque eu fiz exatamente o inverso do que você esperava. Agora eu sei que você voltou a escrever, e que faz de tudo pra não me colocar nas tuas palavras se escondendo em letras de musicas. Confesso que tem sido admirável, mas eu sinto muito  porque até assim você pensa em nós, até assim você pensa em mim, mais do que tudo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário