domingo, 5 de outubro de 2014

Um dia de cada vez ?

Perdi contas de quantas vezes me reinventei, mas tenho certeza que alguma conta insana perdida por aí guarda essa informação.Não sei, mas já nem me interessa mais: decidi parar de contar. De calcular cada mudança ou buscar soluções velhas para desafios novos. Hoje, prefiro viver um dia de cada vez. Gosto de dar o passo do tamanho da perna. Fico confortável dentro daquilo que já me cabe. Será? Ahhh a velha inconstância outra vez .
Aprendi a olhar a vida com maus olhos e achar graça. A ceder mais às ideias que me motivam. A me comover sem medo de parecer tola se achar que algo merece a minha sensibilidade.
Os anos têm me dado uma visão mais realista, mas essa realidade também tem me feito valorizar o que até ontem passava despercebido.As pequenas coisas hoje são grandes, e as que pareciam ser imensas já não me apetecem tanto. As coisas finalmente têm seu real tamanho e consigo medi-las de dentro pra fora. Sentir é cada vez mais inevitável.


Nenhum comentário:

Postar um comentário