domingo, 18 de janeiro de 2015

Recomeçar é preciso

Recomeçar é a atitude que demarca um tempo de inquietude e de excepcional emoção. É a ansiedade calada, permeada de esperanças, que encarcera o passado para poder preparar um novo futuro. É o sentimento de coragem, de força, que vem generosamente tomar conta da alma para imprimir novas oportunidades a vida e temperar a luta. É o ir à busca de agasalho, num giro sonolento, incerto e debruçado a sombra de um intenso desejo de acertar o passo e harmonizar a caminhada. Nem sempre o percurso é leve e fácil. Existem, neste processo misterioso, atropelos, pausas solitárias, letargia, ânsias requintadas, lágrimas suspensas, desertos e chuvas, mas também existe, a energia vital, à vontade firme que ampara, faz o passo brando e o caminho árduo e estreito em larga avenida de luz acompanhada. O coração errante crê, tem fé e faz renascer e dilatar os sonhos. Esta é a beleza do recomeço, persistir, permitir e transformar a vida descorada e fria, de fundo enevoado, num caminho carregado de desafios para que possa, novamente, cruzar a soleira do coração. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário