terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Eu tenho minhas defesas quando se trata de suas intenções. Nós acordamos no colapso com as coisas que nunca pensamos poder ser. Não fui eu quem te domou e não sou quem você deve temer. Pensei ter perdido você em algum lugar, mas você nunca esteve realmente ali, não é mesmo? Eu quero me libertar, fale comigo, eu posso sentir você caindo. Eu queria ser tudo que você precisava, mas de alguma forma o presente passou e descobri que eu não sou a solução eu não fui a resposta. Eu não preciso da explosão de todo o passado que há entre nós e as suas mentiras não foram suficientes para me segurar. Agora eu quero me libertar. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário