domingo, 12 de junho de 2016

Você está?

Todos os dias me perco na busca por me achar. E tento me encontrar nas palavras. Nestas perdidas, em linhas soltas e em sentimentos. Mas palavras, ah, essas palavras elas confortam, mas não curam. O que cura é abraço apertado vindo do nada. O que cura é beijo roubado em dia de chuva. É carinho no cabelo, acompanhado de um: "eu estou aqui por você" 







Nenhum comentário:

Postar um comentário