sexta-feira, 23 de outubro de 2009

"Este sou eu, para sempre... um dos perdidos.
Aquele sem um nome... sem um coração honesto como guia.

Este sou eu, para sempre... alguém sem um nome.
A vida é o último esforço... para achar a linha da vida perdida.

Quanto eu desejo por uma chuva reconfortante
Tudo que eu desejo é sonhar de novo
Meu coração cheio de amor perdido na escuridao
Pela esperança eu dou tudo de mim...

Minha flor seca entre as páginas dois e três.
Aquele aroma sempre melancólico, acompanha o meu movimento

Que a escuridão que dorme com anjos chame o passado para ajudar
Toque - me com seu amor, e revele a mim meu verdadeiro nome."




Nightwish

Um comentário:

  1. Nossa quanto tmepo que não ouvia a tarja cantar *__*
    Perfeita!
    SAUDADES amoree

    ResponderExcluir