quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Read my mind

Na esquina da rua principal,tentando manter a linha.Você diz que quer ir andando...e que estou ficando pra trás.Você consegue ler minha mente?Eu nunca desistí em dar o fora dessa cidade pífia..tenho luz verde, posso ir quando eu quiser mas tenho uma pequena batalha ainda pra lutar...Vou mudar isso!
Os bons e velhos dias, e o coração que não descansa continuarão os mesmos...mas eu não me importo,se você não se importar.Porque eu não brilho, Se você não brilhar!
Eu nunca desistí, de fato,de esperar um sinal de Deus, porém quando me questiono sobre sua existência eu sinto sua mágica em minha espinha ... aquele arrepio que nunca sabemos de onde vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário