terça-feira, 20 de abril de 2010

bad day

Eu não estou sozinha e percebo que  vivo com as lembranças, tristeza é meu lar.Esta é a minha verdadeira liberdade, expresso todos os sentimentos do que eu me tornei. Todo dia eu me levanto e  vejo o sol nascente com a esperança de encontrar alguma paz.Parece que eu fui embora....Parece que eu me perdi....Parece que eu realmente perdi meu caminho. Uma amarga sensação de apreensão, atenta ao fato de que não tem volta, para o mundo em que eu vivia. Hoje eu estou procurando por algo, mas encontrei menos do que nada. Toda a minha vida eu esperei...dias infinitos tomaram  o que me fez livre. Os anos se passaram e eu ainda estou assim. Não falei sobre o passado mas aqueles anos... eles ainda me assombram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário