terça-feira, 10 de janeiro de 2012




"Às vezes é preciso dormir, dormir muito. Não pra fugir, mas pra descansar a alma dos sentimentos. Quem nasceu com a sensibilidade exacerbada sabe quão difícil é engolir a vida. Porque tudo, absolutamente tudo devora a gente. Inteira... 
Eu criei pra mim uma rotina de paz, e deixei de admirar muita gente e a apreciar outras. E vivi muita solidão, muita mesmo e muito aconchego também..." M. Queiroz


---------------------------------------------------------------------


 Eu sou do tipo que se dói inteira porque não vive só na superfície das coisas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário