terça-feira, 15 de outubro de 2013


2 da manhã e ele me liga, porque eu ainda estou acordada. A pergunta:" Você poderia me ajudar a  solucionar meu ultimo erro?" . Eu não o amo, o inverno não era exatamente minha estação preferida. Nós passamos pelas portas que ele escolheu, suas atitudes são tão acusadoras e estão em seus olhos. As pessoas falam ,como se eles tivessem algum direito de criticar, hipócritas, vocês estão todos aqui pela mesma razão. 
A vida é como uma ampulheta colada na mesa, ninguém consegue achar o botão para voltar atrás. Então coloque a mão na sua consciência. E respire. Há uma luz no final de cada túnel, você grita porque o seu lado bom está tão longe aí dentro, e é como se nunca fosse sair. Esse erros que você cometeu, você vai comete-los de novo, se continuar persistindo naquilo que você não é. 


2 da manhã, e eu ainda acordada escrevendo. Se puser tudo em um papel, a dor não estará mais dentro de mim. Ameaçando a vida a qual ele pertence eu  me sinto nua diante da multidão. Porque essas palavras são meus pensamentos gritando bem alto, e eu sei que você vai usá-las como quiser.


Nenhum comentário:

Postar um comentário