terça-feira, 7 de outubro de 2014

Os dias correm e eu desacelero. Piso no freio e procuro ver que o agora logo mais será passado. Fico imaginando um monte de "hojes" todos empilhados em cima de uma mesa esperando que eu os vasculhe pra encontrar alguma informação perdida. A função do hoje, quando virar ontem, será apenas essa: ocupar a posição de uma espécie de arquivo. 

Leminski uma vez escreveu: "haja hoje para tanto ontem". Deve ser porque a gente tem mesmo a mania de viver lá mexendo naquela papelada toda, buscando explicação para coisas que fizeram sentido um dia. Engraçado, nem sempre ainda fazem. Bom é saber que a nossa cabeça muda e nossas percepções evoluem. Pode ir lá consultar o seu "arquivo" que você vai constatar : O hoje sem o ontem seria um fracasso. O amanhã está incumbido de provar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário