sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Só o que vc precisa saber!


De todas as coisas que eu quis para a minha vida, você foi a melhor delas. De todas as pessoas que passaram por mim, você foi o que mais marcou. De todas as imensuráveis entregas, de todos os porres, de todos os porquês, você foi a justificativa mais sensata e óbvia que eu escolhi como resposta. Esse texto é para te dizer que ainda sinto um vazio no peito e tristeza quando penso nas escolhas erradas que fizemos. Esse texto é para te mostrar que por mais que você me veja feliz, realizada e com outra pessoa, ainda sinto ódio da nossa burrice e cegueira sentimental que não nos permitiu enxergar o que perderíamos. 

Dizem que com o tempo melhora, mas a cada batida do relógio, eu te vejo mais distante. Indo. Seguindo. Me deixando aqui como se não fosse digna desse sentimento e culpada pelo nosso fim (tem como ter um fim, sem ter ao menos um começo?). Você é tolo demais. Eu largaria tudo por você. Quebraria corações, barreiras, pularia os parágrafos e iria direto para nosso final feliz. Reinventaria um, se preciso fosse. Me atiraria em você sem medir meus abraços, sem calcular minhas palavras e, sem medo, eu poderia ser – finalmente – sua. Mas enquanto isso você fica aí culpando o destino, a má sorte, os deuses, as circunstâncias, as distâncias. Fica aí me perdendo ao invés de lutar. Continua aumentando nossos quilômetros ao invés de pegar o carro e vir até mim.

Eu te observo de longe e enquanto isso vou seguindo até onde der. Não prometo te esperar até o fim da vida, mas garanto que seu espaço ainda tá guardadinho aqui, você sabe que não supero tão rápido assim. Você sabe que o arrepio e o coração acelerado não são sintomas de amores passageiros. Você sabe que o beijo, o cheiro e as coisas que nos marcaram tanto não foram em vão. Nem que eu quisesse eu te esqueceria. Só não fique aí parado por muito tempo, não. Não continue apostando nas pessoas erradas enquanto sua felicidade certa já está garantida e (ainda) tão próxima de você.
Não aposte tanto nessas pessoas que você talvez até mereça, mas nunca quis. Você perdeu sua melhor chance com essas escolhas erradas, instintivas e impulsivas demais. Está na hora de fazer alguma coisa certa e garantir nossa felicidade. Sou sua demais para querer minha felicidade sozinha. Prefiro você aqui, mas não posso mais implorar amor. Não mais. Sou tão sua, mas sinto que ainda posso ser muito minha. Só te peço para que, se você ainda sente algo tão intensamente quanto eu, não me deixe ter essa certeza. Volte antes do seu prazo acabar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário